A luta entre a Apple e a Nuvia continua

Os criadores da Nuvia processam a Apple

A briga na Justiça que a Apple e os fundadores da Nuvia estão tendo não parece melhorar. Ao contrário, a situação piorou entre as duas empresas. Os membros fundadores da nova empresa eram ex-funcionários da Apple e, embora isso possa ser sempre bom, desta vez não está beneficiando nenhum dos dois.

Ex-funcionários acusam a Apple de concorrência desleal, mas não no campo da tecnologia se não, em uma das artes mais antigas da espécie humana: a traição e o jogo injusto.

Membros da Nuvia denunciam que a Apple está tentando manter sua equipe

Toda a novela começa com o processo da Apple contra os fundadores da nova empresa, Nuvia, criada por ex-membros da Apple. O cerne da ação foi dirigido contra Gerard Williams III por fundar sua nova empresa enquanto ainda trabalhava na Apple.

O senhor Williams lutou contra a Apple defendendo-se no tribunal, no entanto, eles concordaram com a Apple e o litígio poderia continuar. O juiz esclareceu que a lei da Califórnia não permite que um funcionário "planeje e se prepare para criar um negócio competitivo antes da rescisão se o funcionário o fizer no tempo do empregador e com os recursos do empregador".

Estamos agora em um ponto em que as relações entre as duas empresas, longe de melhorar, parecem cada vez mais sombrias. Tudo isso porque Williams agora afirma que a Apple lançou sua própria campanha anticompetitiva contra ele. O responsável pela Nuvia aempresa que a Apple havia ameaçado a empresa de não recrutar engenheiros da Apple. Mas o pior é que acusa a empresa californiana de ter tentado contratar o cofundador da empresa, John Bruno.

Veremos como termina essa novela de acusações mútuas entre as duas empresas. A Apple parece que, devido às demandas que está tendo, nem sempre pode jogar limpo. Estaremos atentos.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.